Customização Totvs/Datasul:
Automação para importação de XMLs 

Nossa solução é composta por um conjunto de customizações que se utilizam das APIs e BOs dos produtos EMS2.06/5.06 e Totvs11 para automatizar a entrada de dados no Módulo Recebimento a partir de XMLs.

Estão contemplados: NF-e, CT-e, CC-e, bem como MD-e.


Objetivos

  • Facilitar a entrada de documentos de frete no recebimento (RE1001), na velocidade de um clique do mouse, eliminando a necessidade do personagem digitador de notas (que pode ser realocado para outras funções);

  • Padronizar o conjunto de regras de negócio do cliente quanto às tratativas para o recebimento, chegando, inclusive, ao nível de parametrização de natureza de operação por item;

  • Garantir a confiabilidade no documento importado através da comunicação direta com a SEFAZ;

E mais!

  • Gestão eficiente e segura dos XMLs no próprio ambiente do cliente, e as DANFEs podem ser consultadas em qualquer ponto do sistema, de forma rápida e dinâmica, sem a necessidade do conceito de portais;

  • Evitar importação de documentos cancelados;

  • Acesso rápido à relação ITEM x FORNECEDOR;

  • Sem necessidade de integrações ou produtos de terceiros: 100% de aderência, já que as codificações são baseadas nas bibliotecas, APIs e BOs do próprio produto;

  • Sem mensalidade.

  • Compatibilidade: Totvs 11 e EMS 2.06/5.06.

Todas as principais funções referentes à manipulação dos XMLs estão centralizadas num cockpit único, robusto e dinâmico, onde o usuário tem disponíveis todas as informações relevantes para o processo do recebimento.

Nossa proposta principal é o cliente deixar de depender dos XMLs enviados pelos fornecedores, optando por realizar download diretamente da base de informações da SEFAZ (sempre oficial e atualizada).

Assim que o fornecedor emitir documento fiscal eletrônico, o monitor tem condições de acessar a informação e, inclusive, já realizar o manifesto -- nunca mais serão importadas notas que tenham sido canceladas.


E não é o fim:

  • Acesso instantâneo ao conteúdo do XML ou à geração do Danfe;

  • Imagine a implementação do tão desejado processo de recebimento, permitindo controles como a conferência dos produtos já na recepção da empresa, com o uso de terminais especiais ou até mesmo coletores de dados;